World Library  


Add to Book Shelf
Flag as Inappropriate
Email this Book

Osíris : Deus do Egito

By Hipolito, Marcelo

Click here to view

Book Id: WPLBN0003468612
Format Type: PDF (eBook)
File Size: 445.97 KB.
Reproduction Date: 01/08/2009

Title: Osíris : Deus do Egito  
Author: Hipolito, Marcelo
Volume:
Language: Portuguese
Subject: Fiction, Drama and Literature, Mythology
Collection: Authors Community
Subcollection: Mythology
Historic
Publication Date:
2009
Publisher: Editora Marco Zero
Member Page: Marcelo Hipolito

Description
A saga dos deuses egípcios ressurge num épico de feroz realismo, assombro e dor. O nascimento e a vinda de Osíris, fundador da civilização, messias e rei. A ascensão e queda do primeiro reino humano. A traição, o calvário e a ressurreição de um faraó. Sua guerra implacável e a terrível vingança. Um mundo de magia e pavor, deuses e demônios, ação e aventura, vida e morte, ergue-se das areias escaldantes e misteriosas do Egito Antigo neste romance do escritor Marcelo Hipólito. Rá, o Deus-Sol, tinha o Universo sob seu comando. Ele herdara o extremo poder do pai, Atum, a divindade que criara a si mesma. Dos raios incandescentes de Rá nascem seus filhos-irmãos, dos quais ele toma a mais graciosa das beldades por esposa: Nut, Deusa do Céu. Nut, porém, seria o arauto da ruína. Dominada por uma paixão irreprimível, ela se entrega a Geb, o Deus da Terra, também filho-irmão de Rá. Tomado de fúria, Rá condena Geb às trevas eternas. Com a reclusão de Geb, o grande protetor da terra, o mundo torna-se sombrio, um lugar de barbárie e caos. Osíris é um dos filhos de Geb e Nut , lançados a terra desolada, amaldiçoados a padecerem sob a frágil forma humana e provarem os males e as dores da carne. Mas o infortúnio dos amantes Nut e Geb propiciaria a vinda do Messias, o nobre Osíris, rei do Egito. Nesta envolvente aventura sobre a história do primeiro reino na Terra, Marcelo Hipólito resgata as fascinantes lendas e tradições do Egito Antigo.

Summary
A saga dos deuses egípcios ressurge num épico de feroz realismo, assombro e dor. O nascimento e a vinda de Osíris, fundador da civilização, messias e rei. A ascensão e queda do primeiro reino humano. A traição, o calvário e a ressurreição de um faraó. Sua guerra implacável e a terrível vingança. Um mundo de magia e pavor, deuses e demônios, ação e aventura, vida e morte, ergue-se das areias escaldantes e misteriosas do Egito Antigo neste romance do escritor Marcelo Hipólito. Rá, o Deus-Sol, tinha o Universo sob seu comando. Ele herdara o extremo poder do pai, Atum, a divindade que criara a si mesma. Dos raios incandescentes de Rá nascem seus filhos-irmãos, dos quais ele toma a mais graciosa das beldades por esposa: Nut, Deusa do Céu. Nut, porém, seria o arauto da ruína. Dominada por uma paixão irreprimível, ela se entrega a Geb, o Deus da Terra, também filho-irmão de Rá. Tomado de fúria, Rá condena Geb às trevas eternas. Com a reclusão de Geb, o grande protetor da terra, o mundo torna-se sombrio, um lugar de barbárie e caos. Osíris é um dos filhos de Geb e Nut , lançados a terra desolada, amaldiçoados a padecerem sob a frágil forma humana e provarem os males e as dores da carne. Mas o infortúnio dos amantes Nut e Geb propiciaria a vinda do Messias, o nobre Osíris, rei do Egito. Nesta envolvente aventura sobre a história do primeiro reino na Terra, Marcelo Hipólito resgata as fascinantes lendas e tradições do Egito Antigo.

Excerpt
O ar ardia e tremeluzia pelo calor crescente. Filho de Apep, o abutre sibilava como uma serpente. Lançou impropérios e ofensas a Hórus, mas então, quando o Sol passou a lhe queimar as asas, suplicou pela interrupção daquele voo suicida. Hórus, porém, conservou-se impassível. O Sol fervia gigantesco à sua frente, uma fornalha incandescente de brilho e morte. O abutre cogitou recuar e fugir, mas Apep o trataria como covarde e tragá-lo-ia de volta às suas entranhas. Preferiu acompanhar o último voo de Hórus, o qual, destemido, ascendia cada vez mais alto. E as penas do falcão se incineraram, seu sangue ferveu nas veias, suas córneas secaram e pereceram. Exaurido pela insolação cruenta, o abutre rodopiou e despencou, um cadáver crivado de bolhas e queimaduras sangrentas. Vitorioso, com as asas flamejantes e o corpo condenado, Hórus rendeu-se ao Sol. Plácido e seguro, senhor de sua dignidade e nobreza, livre de medo ou arrependimento, o magnífico falcão desfez-se em uma bola de fogo e cinzas, vívida, cintilante, triste e bela, numa morte digna de um deus.

 

Click To View

Additional Books


  • Benign Flame : Saga of Love (by )
  • The Heroides (by )
  • The Metamorphoses (by )
  • Lúcifer : O primeiro anjo (by )
  • Lucy Maud Montgomery Short Stories, 1896... (by )
  • The Seafarer (by )
  • Undine (by )
  • Hawk of Egypt (by )
  • Mansion of Mystery, The (by )
  • Wit and Humor of America, The Vol 02 (by )
  • ΠΟΙΗΜΑΤΑ - Συλλογή Α' (by )
  • Ko'U Wawae (by )
Scroll Left
Scroll Right

 



Copyright © World Library Foundation. All rights reserved. eBooks from World Library are sponsored by the World Library Foundation,
a 501c(4) Member's Support Non-Profit Organization, and is NOT affiliated with any governmental agency or department.